Fanpage macrofotografia.com.br
Review/resenhas macrofotografia.com.br

Review-resenha "A câmara clara" - Roland Barthes - pdf livro download preço compra - macrofotografia.com.br

Ontem comecei e hoje terminei (só porque deixei umas 20 páginas para não acabar ontem) a semi-re-leitura do livro "A câmara clara" do Roland Barthes, um clássico no mundo da fotografia.
Link na Amazon com mais informações: https://amzn.to/355jPPL.

Este é um livro que posso dizer que foi uma semi-re-leitura já que ainda não tinha o lido de capa a capa, mas já tinha lido muitos trechos e muito mais ainda citações em outros livros, já que acabou se tornando uma das grandes referências no pensamento sobre a fotografia.

O autor começa com uma pergunta que é basicamente a mesma que tenho feito há alguns anos, sobre o que É a Fotografia em si, o que a difere de outras imagens, e no decorrer do livro analisa, de uma forma pessoal, como ela pode ser desmembrada em termos de acordo com o que ela causa no observador (no autor).

Como outros livros nessa linha, ele não dá respostas sobre suas perguntas, mas ajuda no caminho do pensamento sobre elas (é, ele não respondeu minha dúvida sobre o que É a Fotografia - e eu nem esperava isso), mas faz mais uma análise particular sobre o que significa para ele, questionando os porquês.

Acho que o trecho que mais concordei com o autor é quando em uma análise sobre o significado de uma foto de seus pais ele diz que "... quando eu não estiver mais vivo, ninguém poderá mais testemunhá-lo: não restará mais que a indiferente Natureza." mas, no final, concordo que a única coisa que uma fotografia realmente pode nos mostrar é o "Isso foi".

A leitura, para meu gosto, é muito poética, costumo preferir algo mais "de exatas", mesmo em livros de humanas, mas é uma leitura que vale a pena ser lida por quem quer pensar a fotografia. No meu caso ainda interessante por nos meus pensamentos agora poder embasar dizendo "diferente do que defende Barthes...".

...continuar leitura.

Review-resenha "A grande Feira: Uma reação ao vale-tudo na arte contemporânea", Luciano Trigo - pdf livro download preço compra - macrofotografia.com.br

Este livro aborda, basicamente, com muitos exemplos e muitas referências, o mercado da arte contemporânea, sua influência na liberdade artística e o peso ético da escolha do artista ao se associar (ou melhor, ser aceito) neste clube - sempre pensando no clube dos milhões, não dos artistas simples mortais.

Link na Amazon com mais informações: https://amzn.to/2Y3TqNT.

O livro tem seus prós e contras:

  • pró: foi escrito por um jornalista: linguagem acessível e gostosa de ler, a leitura flui;
  • contra: foi escrito por um jornalista: cheio de frases de efeito;
  • pró: foi escrito por um jornalista: acredito que, como outros jornalistas, fez direitinho a lição de casa e uma boa pesquisa sobre o que ia escrever, o livro tem muitas referências e exemplos de situações, obras, artistas etc.;
  • contra: foi escrito por um jornalista: apesar de dividido em capítulos, o livro dá impressão de capítulos formados pela coleção das publicações que ele já havia feito, então muitas horas é beeeeem repetitivo.

De maneira geral, gostei bastante, dá para entender a ideia, dá para entender os exemplos citados e dá para ter muitas referências para próximas leituras para aprofundar no tema e no pensamento.

...continuar leitura.

Review-resenha "A obra de arte na era da reprodutibilidade técnica" - Walter Benjamin - pdf livro download preço compra - macrofotografia.com.br

Usando um termo que a esposa de Charles Darwin disse para ele no documentário O Desafio de Darwin (se quiser a versão original: Darwin's darkest hour), mais uma vez acabei lendo um livro desses "horríveis alemães estudiosos".

A primeira vez que eu li este texto foi durante a pós em fotografia e ele aborda as mudanças na arte com a técnologia e reprodução. Podemos facilmente trazer o texto para o "hoje", na contínua era da reprodutibilidade técnica, onde se enquadra perfeitamente com o tema fotografia, que é abordada várias vezes (assim como o cinema).
Link na Amazon com mais informações da versão que adquiri e li: https://amzn.to/3h5Ghuh.

Inclusive, tenho pensado atualmente sobre como é covarde negar a reprodutibilidade da fotografia, a numerando e limitando sua tiragem, a convertendo à força em mais um produto facilmente aceito pela industria cultural no mercado da arte. Acho que isso mostra como tem muito "fotógrafo" que é muito mais um comerciante que alguém que realmente sabe jogar com as características que a fotografia apresenta, principalmente a digital.

Como diferença de leitura (o li entre ontem e hoje) e a vez passada, há alguns anos, agora li uma versão impressa e não um pdf. O texto em si é curto e, mesmo ele sendo um dos "horríveis alemães estudiosos", não é uma leitura tão pesada e consegue fluir.

Além disso, esta versão em livro vem com material extra:

  • É a versão mais completa do texto (2ª versão), trazendo todas variações das outras versões (1ª, 3ª e francesa)
  • Começa com uma biografia sobre o autor
  • Traz um prefácio - quase do tamanho do texto em si - já explicando muito o que vem a seguir e sobre o que se trata seus capítulos, realmente vale a pena
  • Texto completo mostrando as variações das outras versões
  • Trechos dos textos que mudaram entre as diferentes versões (pulei essa parte)
  • Tabela mostrando as diferenças entre as versões (também pulei essa parte)
  • Carta de Theodor Adorno para o W. Benjamin sobre a leitura do texto

    ...continuar leitura.

    Review-resenha "Industria Cultural e Sociedade", Theodor Adorno - pdf livro download preço compra - macrofotografia.com.br

    Esses dias li o livro "Industria Cultural e Sociedade", uma compilação com 3 textos de Theodor Adorno, filósofo alemão do início do século passado, cunhador do termo indústria cultural, e que eu nunca havia lido.
    Link na Amazon com mais informações: https://amzn.to/321BggZ.

    Assim como outros filósofos alemães do século passado (ou retrasado), a leitura de seus textos são chatas e deve-se levar em conta quando foram escritos. Muitas coisas que, para a década de 1960 deviam ser grandes ideias ou previsões, como pensar que: no futuro os filmes estarão dentro das casas das pessoas para vender produtos assim como acontece com o rádio, hoje acabam sendo lidas/entendidas como óbvias.

    Entretanto, para quem quer realmente entender de onde vem termos usados atualmente por muitos autores, essa é uma das fontes originais do pensamento.

    Este livro é dividido em 3 capítulos/textos:

    • O iluminismo como mistificação das massas
    • Crítica cultural e sociedade
    • Tempo Livre

    O primeiro trata da Industria Cultural abordando como tudo em nossa cultura atual ou é planejado para que seja um objeto de consumo, ou no final é englobado e tornado também um objeto de consumo, o que faz com que pensemos muito (pelo menos foi o motivo principal de eu ter ido até este texto) sobre a arte nos dias atuais (sem deixar de lado muitos outros exemplos).

    ...continuar leitura.

    Review-resenha "Gesto Inacabado - Processo De Criação Artistica" - Cecilia Almeida Salles - pdf livro download preço compra - macrofotografia.com.br

    Hoje pela tarde terminei de ler o livro "Gesto Inacabado - Processo De Criação Artistica", de Cecilia Almeida Salles, que trata sobre o estudo do processo criativo usando como muitas referências citações de artistas renomados.
    Link na Amazon com mais informações: https://amzn.to/3hXGuky.

    Além do processo criativo em si, dando exemplos de onde ele pode vir, ou seja, a obra artística como um resultado de todo o repertório do artista baseado no que ele viu, leu, sentiu, pensou etc. etc. etc. é interessante por abordar as ferramentas que podem ser usadas para estudo e possível entendimento do processo criativo de um artista por outra pessoa, como os seus diários, livros de artistas, referências, citações etc., trazendo um método científico para estudar o funcionamento do processo criativo.

    Também achei a abordagem bem interessante porque coincide com uma tendência que tenho notado há algum tempo das exposições trazerem, além das obras em si, documentos que trazem indícios de como se deu o processo de criação, como livro de artista, esboços, estudos, obras inacadabas etc.

    Além disso, também aborda sobre a "finalização" de uma obra de arte, sobre como é seu processo de criação, o que pode ser entendido como as fases "inacabadas" e como o artista sabe que chegou a hora de "terminar" sua obra.

    ...continuar leitura.



    Copyright 2003/2020 - macrofotografia é marca registrada (INPI) pertencente a Tacio Philip
    Proibida a cópia total ou parcial de qualquer material deste site (fotografias, ilustrações, textos, vídeos etc.) sem a autorização por escrito do autor e citação da fonte.