Fanpage macrofotografia.com.br
Macrofotografia e close-up - tudo que você precisa sobre o tema e para melhorar suas fotografias!

Logo atrás da pandemia do coronavírus vem a recessão e ela já me pegou, cancelando vários dos meus trabalhos presenciais como turmas de cursos de escalada (inviável juntar pessoas e realizar uma atividade outdoor) e sessões de fotografias de produtos (não tem como trazerem para mim os produtos para serem fotografados).

Sendo assim, como todas as pessoas eu também preciso comer e pagar minhas contas (afinal, os boletos não são afetados pelo coronavírus e continuam circulando normalmente), além de ter uma família de gatos para sustentar aqui em casa.

Atualmente as únicas fontes de renda que continuo conseguindo manter (mesmo assim muitas caíram bastante porque as pessoas não querem gastar - e eu entendo) são a venda de fotos em bancos de imagens, vendas de fotografias para decoração de ambientes (veja este link e este link), a venda dos livros que eu publiquei e, principalmente, meus Vídeo Cursos que, pela minha "formação e interesses multidisciplinares", são bem variados em seus temas.

Sendo assim, se você puder me ajudar se inscrevendo em algum dos meus vídeo curso ou divulgando para possíveis interessados, agradeço! E também aceito doação de ração para meus gatos e faço alguns artesanatos, na maior parte com madeira, saiba mais e siga minha Página no Facebook!

Abaixo uma lista com um resumo do porquê eu ter lançado cada vídeo curso e o que abordo neles (nos links tem informações mais detalhadas e como se inscrever).

CONTINUAR LEITURA...

Há algum tempo o Facebook adicionou uma função de Foto 3d a partir de fotografias feitas com alguns modelos de aparelhos celular (como os iPhone). Entretanto, quem me conhece sabe que até hoje eu não uso smartphone e, mais que isso, Apple está entre as marcas que eu nunca compraria absolutamente nada, por motivos ideológicos (e racionais).

Mesmo assim, felizmente essa ferramenta não é tão "fechada" como os iAlguma_coisa, então é possível explorá-la de outras maneiras (e com fotos mais interessantes que retratos). E é isso que fiz, em uns primeiros testes com macrofotografias a partir de empilhamento de foco.

Para "burlar" a necessidade do iPhone (ninguém merece ter um) você precisa de duas imagens: a fotografia em si e uma outra imagem, em escala de cinza, que é o mapa de profundidade (depthmap). Tendo esses dois arquivos de imagem, com o cuidado que o nome do arquivo do depthmap deve ser praticamnete igual ao da fotografia, mas com "_depth" no final, basta enviá-los juntos e o Facebook criará (naso não dê algo errado ou incompatibilidade) a Foto 3d.

Saiba mais como postar esse tipo de fotografia!

Link no Facebook

VEJA MAIS FOTOS

Estava quase indo almoçar, mas tive que adiar por alguns minutos, pegar a câmera, flash e fazer algumas fotos dessas dezenas de formigas que predavam um pobre percevejo.

Não sei se elas o usam de alimento diretamente (algum entomólogo de plantão?), mas era hora do almoço e elas estavam ferozes sobre o percevejo. De qualquer maneira, era uma cena que não podia deixar de fotografar e algumas imagens seguem abaixo. E para mais fotos macro (muitas mais) acesse minha galeria.

Para as fotos de hoje usei a EOS 5D2, lente MP-E 65 mm e flash MT-24EX (com um grande difusor artesanal para não dar tantos pontos de brilho estourados nas formigas, que são praticamente polidas e brilhantes).

Passeie pelas minhas galerias de fotos, leia os artigos com dicas, testes e pensamentos fotográficos, e se inscreva nos meus vídeo curso macrofotografia e vídeo curso photoshop para fotógrafo. Atualmente são algumas das poucas maneiras que tenho tido de manter alguma fonte de renda já que meu trabalho presencial está em quarentena :-(.


Formigas predando percevejo

Formigas predando percevejo

Formigas predando percevejo

E compartilhe com seus amigos!

Para quem não tem a oportunidade de fazer o Curso Macrofotografia e Close-up de forma presencial, seja por distância ou por falta de tempo livre, agora está disponível o mesmo conteúdo dado pessoalmente, no formato de vídeo aula.

Neste curso são abordados os seguintes temas, divididos em diversos capítulos/vídeos:
- O que é macrofotografia e suas definições;
- Equipamentos para ganho de ampliação ou distância de trabalho;
- Equipamentos e técnicas de iluminação natural e flash;
- Planejamento para macro, como segurar a câmera, foco, pontos de apoio;
- Uso de velocidade e abertura;
- Que época fotografar;
- Composição fotográfica;
- Círculo de medo, fotografia de mínimo impacto.

Assista em tela cheia para ver a qualidade das vídeo aulas.

O curso é todo apresentado no formato de vídeo aula (vídeos online em resolução HD - 1280x720p - podendo ser assistido em tela cheia com ótima qualidade e sem precisar baixar arquivos) e também é fornecida a apresentação, com 147 slides, em formato pdf. E, fazendo sua inscrição, você terá 1 ano para completar seus estudos, podendo, neste período, acessar o curso quantas vezes quiser.

Investimento: Apenas 199,00
Boleto ou cartão de crédito (pode ser parcelado)

Tempo de acesso
Você poderá acessar o curso quantas vezes quiser durante um período de 365 dias (1 ano)!

Inscreva-se via mercadopago (cartão ou boleto)
A janela de confirmação aparecerá no topo da página. Caso não apareça ou prefira use diretamente este link do mercadopago.
Se preferir você ainda pode efetuar o pagamento através destes links do Pagseguro ou Paypal.

SAIBA MAIS...

Já dei diversas aulas particulares sobre o tema e muita gente me pergunta como são feitas as fotografias 3d (principalmente quando são as minhas macrofotografias, mas esse efeito pode ser obtido em qualquer tema fotográfico), imagens que devem ser observadas com aqueles óculos especiais com lentes vermelha e azul (ciano) ou, falando mais tecnicamente, os anaglifos.

Antes de pensar no "como fazer" temos que pensar de uma maneira básica "como enxergamos o mundo tridimensional". Para que tenhamos a noção de tridimensionalidade, ao observar uma cena nosso corpo enxerga duas imagens de ângulos ligeiramente diferentes (nossos dois olhos enxergam imagens diferentes) e então o nosso cérebro interpreta essas imagens compondo o que nós "vemos" como 3D.

Para a fotografia temos que pensar de modo semelhante. Nós temos que fazer duas fotografias, de ângulos ligeiramente diferentes, como se fossem nossos olhos. Já vi explicações dizendo que devemos fazer as duas fotos a distância que separam nossos olhos, mas isso é bobagem (na macrofotografia, por exemplo, se mudarmos o enquadramento na distância que separa nossos olhos nós não veremos mais o que queremos fotografar). A distância que você deve transladar entre uma foto e outra vai depender da lente que você está usando e do tamanho do tema fotografado (que está relacionado também com a distância de foco). Na prática eu faço uma foto, movo o enquadramento entre 10% a 20% e faço a segunda fotografia, simulando como enxergaríamos o tema fotografado com cada um dos nossos olhos (aumentando ou diminuindo a movimentação você aumenta ou diminui o efeito 3D - às vezes vale a pena fazer mais de duas fotos e depois experimentar qual dá o resultado desejado).

Estando com as fotografias feitas, ai entra como enganaremos nosso cérebro para que ele enxergue a tridimensionalidade e para isso que usamos os óculos, que funcionam como filtros, com lentes vermelha e ciano. Se pensarmos já no Photoshop (software que uso para a montagem da imagem final), em uma imagem RGB temos os canais Red (vermelho), Green (verde) e Blue (azul). Ao observarmos uma imagem com o filtro vermelho ele deixará que passe apenas a luz do canal vermelho, filtrando os outros dois, enquanto que a lente Ciano deixará passar a luz dos canais verde e azul, bloqueando o canal vermelho.

Agora voltando a pensar que, para enxergarmos o efeito de tridimensionalidade precisamos enxergar duas imagens ligeiramente diferentes, ao sobrepormos, no Photoshop, o canal Red (vermelho) de uma das fotografias no canal Red da outra, um dos nossos olhos enxergará uma das fotografias que fizemos (que está no canal vermelho) enquanto o outro olho enxergará a outra (que está nos canais verde e azul), enganando nosso cérebro e dando o efeito 3D. Ai basta alinhar os canais (no alinhamento que você define o que estará no plano do monitor e o que estará "para frente" ou "para trás"), faz os ajustes, recorte final, coloca sua assinatura e pronto!

Se você ainda não sabe usar (de verdade!) o Photoshop, inclusive suas ferramentas mais fundamentais para ajuste de imagens (Levels, Curves, Unsharp Mask, Resize etc.) veja o meu Vídeo Curso Photoshop para Fotógrafos. Nele ensino como ajustar suas fotografias em aulas 100% práticas e online, com exemplos de fotografias reais desde a abertura do arquivo, explicando como se usa (e porquê) as principais ferramentas de ajuste, até o fechamento para saída para internet (redes sociais, sites etc.) ou para impressão em papel (impressora caseira, laboratório fotográfico, impressão fineart etc.). Esse foi um dos cursos que mais gostei de produzir e garanto que você passará a entender e conseguir extrair o melhor que seus arquivos digitais permitem (inclusive explico porque devemos ter cuidado ao fotografar e não deixar tudo para o Photoshop)!

Agora, voltando ao tema dos anaglifos, os cuidados que você deve ter ao fazer esse tipo de imagem são:
- como você realinhará os canais e com isso terá que fazer um corte final na imagem, já pense nesse corte ao enquadrar;
- faça os ajustes de cor, saturação, contraste etc. nas duas fotos antes de sobrepor os canais e de forma idêntica;
- não use modo de WB automático porque pode dar diferença nas cores de uma foto para outra;
- não fazer as duas imagens distanciando muito uma da outra (fica incômodo de olhar) e nem aproximando muito (dá pouco "efeito 3D").

Abaixo algumas sequências mostrando as imagens "fonte" e a imagem montada final. Se não tiver os óculos na internet você encontra para comprar (ou dicas sobre como fazer), veja minha galeria de macrofotografias 3D e se inscreva nos meus vídeo cursos (100% online) Macrofotografia e Close-up e Photoshop para Fotógrafos.


Enquadramento original da primeira imagem para a montagem do anaglifo

Enquadramento original da segunda imagem para a montagem do anaglifo

Resultado final após ajustes a substituição de canais no Photoshop

Enquadramento original da primeira imagem para a montagem do anaglifo

Enquadramento original da segunda imagem para a montagem do anaglifo

Resultado final após ajustes a substituição de canais no Photoshop

E compartilhe com seus amigos!

Lagarta encontrada hoje aqui no terreno de casa (essa não fui eu quem achou, foi a Annapurna, uma das gatas que vive aqui em casa).

As duas primeiras fotos são da lagarta de hoje, a 3ª foi da outra vez que eu me lembro de ter fotografado uma lagarta dessas, provavelmente em 2002 quando tinha migrado definitivamente dos filmes negativos para os "velhos" cromos Velvia ou Provia (filmes slide), que usava em uma Canon EOS 30, lente Canon 100 mm macro (modelo antigo) e flash 420EX. Inclusive, é uma das fotos que ilustra meu antigo livro de macrofotografia, quando comento sobre uso de flash "normal" com cabo TTL na macrofotografia (perceba a sombra que indica de onde vem a fonte de luz). Essa foto antiga está no meu arquivo de slides como 0011 e na minha galeria de fotos macro como 0004 (de um total, hoje, de mais de 2800 fotos macro).

Para as fotos de hoje usei Canon EOS 5D2, lente macro 100 mm L (veja um comparativo dessas duas lentes 100 mm macro Canon) e flash MT-24EX (trabalhando na potência e posição para dar mais volume e não ficar uma luz "chapada"). Mais fotos dela (e muitas outras) na minha galeria.

Passeie pelas minhas galerias de fotos, leia os artigos com dicas, testes e pensamentos fotográficos, e se inscreva nos meus vídeo curso macrofotografia e vídeo curso photoshop para fotógrafo. Atualmente são algumas das poucas maneiras que tenho tido de manter alguma fonte de renda já que meu trabalho presencial está em quarentena :-(.


Lagarta fotografada dia 21/04/2020

Lagarta fotografada dia 21/04/2020

Lagarta fotografada provavelmente em 2002

E compartilhe com seus amigos!

Novo site macrofotografia.com.br

Após um longo tempo de enrolação (não tenho outra justificativa) aproveitei um pouco do tempo em "isolamento social" para fazer algo realmente útil e necessário: reformular o site macrofotografia.com.br.

O visual antigo estava mais que ultrapassado (não recebia alterações significativas há mais de 10 anos) e era pouco amigável, para não dizer inimigo, de dispositivos móveis. Além disso, seus materiais estavam dispersos e alguns textos não fazem mais sentido hoje em dia, como comparativos de filmes fotográficos ou review de feira de fotografia de 2004, entre outros.

Sendo assim, além do novo design mais clean, amigável e totalmente compatível com dispositivos móveis dei uma reorganizada no conteúdo geral da página, separei os textos que valem a pena serem mantidos, minhas galerias de fotos e agora está devidamente no ar (claro, ainda devem haver bugs, caso encontre algum me avise!).

Aproveite a nova navegação, passeie pelas minhas galerias de fotos e aprenda com os diversos textos disponíveis (e se quiser aprender de verdade faça meu vídeo curso de macrofotografia)!

Tacio Philip

Macrofotografias feitas dentro de casa

Já parou para pensar que você não precisa parar de fotografar, principalmente macrofotografia, agora nessa época de quarentena em casa e isolamento social? Uma das características da macro é conseguir nos revelar detalhes que são, muitas vezes, imperceptíveis ao olho nu, e isso pode ser muito bem explorado em qualquer ambiente.

O vídeo abaixo foi postado há pouco tempo e nele mostro 30 macrofotografias feitas dentro de casa. Veja se você consegue identificar o que é cada (no final do vídeo tem a lista com a descrição).

E aproveite e siga meu canal no youtube: youtube.com/macrofotografia.

30 macrofotografias feitas dentro de casa: adivinhe o que são e desafie seus amigos! (todas em 5:1)



Copyright 2003/2020 - Tacio Philip
Proibida a cópia total ou parcial de qualquer material deste site (fotografias, ilustrações, textos, vídeos etc.) sem a autorização por escrito do autor e citação da fonte.